Weverton no gol e 4-2-3-1: Roger mostra primeiras escolhas para o Palmeiras 2018

Weverton no gol e 4-2-3-1: Roger mostra primeiras escolhas para o Palmeiras 2018

O primeiro teste da pré-temporada, a vitória no jogo-treino de sexta-feira contra o Atibaia, começou a desfazer uma dúvida importante sobre o Palmeiras de 2018: o recém-contratado Weverton foi a

Leia tudo

O primeiro teste da pré-temporada, a vitória no jogo-treino de sexta-feira contra o Atibaia, começou a desfazer uma dúvida importante sobre o Palmeiras de 2018: o recém-contratado Weverton foi a primeira escolha do técnico Roger Machado para o gol, à frente de Fernando Prass e Jailson, ídolos da torcida.
Cada um dos goleiros atuou em uma das três etapas de 30 minutos da partida. Vindo do Atlético-PR, o reforço de 30 anos foi o mais exigido deles. Foram quatro arremates de longa distância defendidos – um deles em dois tempos – e uma bola interceptada na intermediária antes da chegada do ataque.

Ao menos até aqui, Weverton não tem aceitação total da torcida. Até por conta disso, depois de comprar o goleiro campeão olímpico por R$ 2 milhões, a diretoria acabou expondo sua justificativa: o receio quanto à condição física de Prass (39 anos) e Jailson (36 anos), que sofreram com lesões nas últimas temporadas.

– Penso que a história nunca vai ser apagada, o torcedor vai olhar sempre com carinho (para eles). Mas estamos começando ano, novo treinador, nova forma de trabalho, e tudo pode acontecer – já havia dito o ex-atleticano, em sua apresentação, na semana passada.

Além de escolher Weverton, o novo treinador mostrou sua preferência tática neste início de ano. Tanto no jogo-treino quanto nos primeiros ensaios, Roger desenhou a equipe no 4-2-3-1. Nas duas etapas finais do jogo-treino, mudaram nomes, mas o esquema foi o mesmo.

A exemplo do novo goleiro, outros três reforços fizeram parte do primeiro time: os laterais Marcos Rocha e Diogo Barbosa (que levou uma pancada no tornozelo esquerdo e saiu de campo cedo na última sexta-feira) e o meia Lucas Lima.

A escalação completa teve Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Luan e Diogo Barbosa; Felipe Melo e Tchê Tchê; Keno, Lucas Lima e Dudu; Borja.

O Palmeiras estreia no Campeonato Paulista na quinta-feira, contra o Santo André. Até lá, Roger terá mais cinco dias para ensaiar sua equipe.

- Fonte: Globoesporte.com